The Wombats surgiu em Liverpool em 2007, formada pelos locais Matthew Murphy (vocal, guitarra e teclados), Daniel “Dan” Haggis (bateria, percussão, teclado e backing vocal) e o norueguês Tord Øverland-Knudsen (baixo, guitarra, teclado e backing vocal).

 A banda conquistou o disco de platina logo em seu primeiro álbum, “Guide to Love, Loss and Desperation”, teve mais de 300 mil vendas combinadas dos singles sucessos das pistas “Kill the Director”, “Let’s Dance to Joy Division” (vencedora do NME Awards 2008 na categoria Best Dancefloor Filler), “Backfire at the Disco” and “Moving to New York” e esteve em turnê ininterrupta durante dois anos seguintes, tocando para milhões, culminando em um show de boas vindas para mais de 10 mil pessoas em sua Liverpool natal.

Em setembro de 2010, o trio lançou seu segundo álbum, “This Modern Glitch”, produzido por Eric Valentine e Jacknife Lee (que já trabalhou com U2, R.E.M., Snow Patrol, Bloc Party, The Hives, Weezer, entre outros). O primeiro single do novo trabalho, “Tokyo (Vampire & Wolves)” estreou em 23º lugar nas paradas britânicas, tornando-se um hit instantâneo nas rádios, e os transformou em um dos principais nomes no circuito dos festivais no verão, como headliners do Lovebox e Wakestock, assim como presença garantida nos principais palcos do Glastonburry, V Festival, Radio 1’s Big Weekend e Rockness. Com uma apresentação impecável ao vivo, as duas recentes turnês pelo Reino Unido tiveram ingressos esgotados, incluindo as datas em Londres no Brixton O2 Academy e HMV Hammersmith Apollo. Ao lançar o último single, “1996”, The Wombats finalizou um ano triunfante com três shows especiais na Liverpool’s O2 Academy. Atualmente, estão trabalhando em seu terceiro álbum e continuam a turnê ao redor do mundo, se jogando nos principais festivais de verão.

 

Músicas